quinta-feira, 31 de julho de 2014

Top 10 - Os Piores Filmes de Super-Heróis de Todos os Tempos!


Saudações caros leitores! Hoje trago para vocês um novo Top 10, e dessa vez, não relacionado aos Games. Desde os anos 60, os super-heróis de HQs vem ganhando mais destaque nos cinemas. Tivemos tanto excelentes filmes (Spider-Man de Sam Raimi, The Avengers, Batman - The Dark Knight, Batman de 1989 e etc), quanto péssimos que não são nada fiéis aos quadrinhos. E alguns deles, até mataram franquias de sucesso. Então, trago lhes hoje, o Top 10 - Os Piores Filmes de Super-Heróis de Todos os Tempos! Lembrando que este post é baseado na minha opinião. Se não concorda com ele, sinta-se a vontade para fazer seu Top 10 nos comentários. Sem mais delongas, vamos lá!

10º Lugar: Motoqueiro Fantasma - Espirito de Vingança (2011)


Motoqueiro Fantasma - Espirito de Vingança foi uma tentativa fracassada de continuar o primeiro filme de 2007. Além do enredo idiota onde o Motoqueiro precisa levar um garoto a salvo do demônio, o filme conta com péssimas cenas de luta e mais: Nicolas Cage consegue atuar novamente tão bem quanto um pato. Um péssimo filme de super herói que, felizmente, fez o personagem voltar aos direitos da Marvel.

9º Lugar: Justiceiro - Zona de Guerra  (2008)


Acredite: Se os filmes anteriores já não tinham manchado demais a imagem do Justiceiro, esse filme, conseguiu criar um buraco negro para o personagem nos cinemas. A história sem pé e sem cabeça, além da horrível atuação dos atores, fez este, Justiceiro - Zona de Guerra, um dos piores de super-heróis do cinema. Mas assim como Motoqueiro Fantasma, ele felizmente voltou para a Marvel onde nunca deveria ter saído.

8º Lugar: X-Men 3 - O Confronto Final (2006)


Uma franquia que estava indo tão bem com os dois primeiros filmes, simplesmente, caiu com toda a força com o terceiro. O filme tenta adaptar a Saga da Fenix dos quadrinhos, onde Jean Grey fica incontrolável. Mas graças ao roteiro e, principalmente, aos furos que X-Men 3 - O Confronto Final trouxe, isso não passou de uma promessa. E eu nem preciso comentar do terrível traje do Fanático criado nesse filme, não?

7º Lugar: O Espetacular Homem-Aranha (2012)


Podem me julgar, mas eu acho O Espetacular Homem-Aranha um dos piores filmes de super heróis já feitos. A origem do herói, além de mal contada, foi totalmente modificada para tentar agradar essa nova geração. Simplesmente, uma ofensa ao personagem e à criação de Stan Lee. Um filme que conseguiu superar Homem-Aranha 3, no qual todos criticavam, e que ao meu ver, possui um enredo e cenas de ação até melhores do que esse terrível Reboot.

6º Lugar: X-Men Origens - Wolverine (2009)


O que eu posso dizer de X-Men Origens - Wolverine? Descaracterização dos personagens, um péssimo enredo e, é claro, o Deadpool no qual ganhou o visual peculiar do Baraka. Simplesmente, estaria numa posição pior se não fosse ao começo do filme, no qual traz cenas bem divertidas (Principalmente a do elevador com Wade Wilson). Uma pena que tudo foi ao lixo dali pra frente.

5º Lugar: Demolidor - O Homem Sem Medo (2003)


Primeiramente, antes de tudo, quem criou o título brasileiro desse filme? "Demolidor - O Homem Sem Medo" não faz sentido algum com o personagem, muito menos com esse filme, que descaracteriza totalmente sua origem. Cenas bizarras de Ben Affleck e Jennifer Garner, trajes e figurinos horríveis e a falta de uma Trilha Sonora Original são sinônimos que mostram como esse filme é péssimo. Não me surpreende nem um pouco o fato de Ben Affleck ter sido julgado após sua confirmação como Batman no filme de Batman VS Superman.

4º Lugar - Batman Eternamente (1995)


E falando em Batman, eu não poderia esquecer desta porcaria no qual começou a distorcer a franquia dos anos 80 e 90. Batman Forever (Ou Batman Eternamente, como ficou conhecido aqui no Brasil) é péssimo de começo ao fim. Jim Carrey fez um ótimo Charada, mas nem sua atuação conseguiu salvar esse filme de ser, simplesmente, um dos piores já feitos sobre super heróis.

3º Lugar: Elektra (2005)


Elektra é a típica continuação de um filme ruim que consegue ser pior ainda. O fato do filme existir, por sua vez, já é desnecessário, mas ainda sim, conseguiram cagar tudo sobre a personagem. Um filme que, junto ao Demolidor, arruinou a imagem da carreira de Jennifer Garner, no qual não é de forma alguma uma péssima atriz. Só fez, infelizmente, péssimas escolhas de atuação no cinema.

2º Lugar: Mulher-Gato (2004)


A história de como esse filme surgiu, é bem peculiar. Depois de Batman Returns, de 1992 no qual tem a presença da Mulher-Gato, a Warner Bros. ficou interessada em produzir um filme sobre a personagem. As gravações só começaram a meia década depois, quando a franquia do Batman dos anos 80 e 90, já havia acabado. Sendo assim, em 2004, saiu o último e Spin-Off filme: Mulher-Gato. E francamente, estava mais para uma ofensa e descaracterização, do que um fechamento. Além da história ser terrível, o filme nem sequer tenta se parecer um filme de super-herói. Simplesmente, uma das piores ideias da Warner Bros, que trouxe mais prejuízo do que lucro.

1º Lugar: Batman & Robin (1997)


Não tinha como ser outro. Batman & Robin, além de ter matado a franquia do Homem-Morcego dos anos 80 e 90, é um tutorial de como NÃO se fazer um filme de super-herói. O filme é tão ruim, que seu diretor, Joel Schumacher, tenta esquecer que fez ele. Em resumo básico, é o pior filme de super-herói já feito até hoje. Um filme que suja a carreira de tanto George Clooney, quanto Arnold Schwarzenegger, no qual foi escalado para ser Mr. Freeze. E creio eu, que nem preciso falar a respeito dos trajes com mamilos e do Batmóvel discoteca.

Menções Horrorosas:

Lanterna Verde (2011)



Se tem algo que a DC Comics, aparentemente, não consegue fazer bem nos cinemas, é um filme de seus super-heróis que não seja Batman e Superman. Lanterna Verde, assim como Mulher Gato, é exemplo disso. Origem TOTALMENTE descaracterizada e um vilão que nem sequer luta com o protagonista, e fica apenas por uma cena pós créditos que, provavelmente, nunca irá acontecer. Só não entrou no Top 10, pelos excelentes efeitos especiais que são de encher os olhos.

Howard The Duck (1986)


Esse filme... Francamente, não assista. Howard The Duck um péssimo filme de "super-herói" no qual tenta misturar comédia e ação. O triste de tudo isso, é que George Lucas, criador de Star Wars e Indiana Jones, foi o diretor desta desgraça. Sabe o que mais? Esse filme tem a cena de "sexo" mais bizarra da indústria do cinema. Só não entrou no Top 10, por nem sequer parecer ser um filme do gênero de super-herói. E para você ai que está boiando, Howard The Duck é um personagem da Marvel, por mais que não pareça.

O Filho do Máskara (2005)


O Máskara, foi um personagem de HQs que teve um rumo "estranho" nos cinemas. Os quadrinhos do personagem, na verdade, eram bem sanguinários e cheio de mortes. No filme estrelado por Jim Carrey, tudo isso foi reduzido em um filme focado em comédia e ação, no qual diferente de Howard The Duck, funcionou muito bem. Porém, por algum motivo, resolveram fazer uma continuação. "O Filho do Máskara" é simplesmente um dos piores filmes já feitos, tanto de "super-heróis", quanto em geral da indústria do cinema. Só não inclui este no Top 10, pelo fato dele ter seu foco TOTALMENTE voltado as crianças, só que, infelizmente, usando um personagem de HQs.

Enfim, esse foi meu Top 10 de piores filmes de super-heróis de todos os tempos. Se quiser, dê sugestões para outros posts semelhantes. E sim, pode ter certeza que irei fazer um Top 10 - Os Melhores Filmes de Super-Heróis de Todos os Tempos. Essa postagem termina por aqui caros leitores, até a próxima postagem! =D

terça-feira, 29 de julho de 2014

GTA San Andreas é Seus Easter Eggs #3 Placa

Oi galera hoje volto uma post atrasada porque eu ontem tive muito oque fazer (Escola) e por isso não pode postar.Mas hoje volto com mais um Easter Egg de Gta e hoje eu falarei de um dos Easter Eggs mais conhecidos do GTA uma placa que fica no topo da ponte Gant Bridge de San Fierro para o deserto de Las Venturas
"Não tem Easter Eggs aqui em cima,Va embora!"











                                                    Informações 

Aparição: A Qualquer Hora do dia
Localização: No Topo da Gant Bridge
Formato: Placa

Mais cuidando com as imagens que vcs vem sobre essa brincadeira da Rockstar porque vcs podem ver coisas como essas:

Eu acho que isso só e possível através de mods, mais comente ai oque vcs acham sobre isso.
E isso ai galera essa foi a 3° de 5° postagens que serão feitas por min com esse tema e até a proxima fui!

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Unturned (Minecraft + DayZ)

Olá galera aqui e o lucario com mais uma post,hoje eu não irei falar sobre GTA pois está difícil achar um Easter Egg mais compreensível para todos pois existem pessoas que não intenderam muito bem minha ultima post ja que muitos Easter Eggs são bem difíceis de entender e ainda mas sendo explicados por min eu admito que errei naquela post mais agora falando sobre o Jogo.

Jogador Sendo Perseguindo Por Zumbis

Unturned e um jogo no estilo SandBox em que o Jogdor precisa sobreviver em um Mundo Pos-Apocaliptístico (Nome difícil de se pronuciar XD) que é uma mistura de Minecraft com DayZ
Nele é possível andar de carro,usa armas,usar analgésicos e conta com muito mais muito Sangue!
(mentira e só um pouco) eae? já deu pra imaginar como seria fazer tudo isso ne um mundo semelhante com o de minecraft? isso nunca seria possível no jogo normal ao não ser com mods!
Eu sei disso porque eu tenho o jogo que eu peguei pela STEAM caso alguém ai queira jogar
primeiro vai ter que baixar a Steam e depois baixar o jogo pela a propiá STEAM.
Vou deixar algumas imagens mostrando um pouco sobre o jogo e até a proxima post

Jogador se escondendo de Zumbis



Jogador segurando um Taco de Golfe

(Aproposinto semana que vem eu volto com os Easter Eggs de GTA San Andreas Fui!)


segunda-feira, 14 de julho de 2014

Pokémon Omega Ruby/Alpha Sapphire Novidades

Eae pessoal beleza?Hoje os Remakes de Hoenn ganharam um novo trailer confirmando o boato do Mega Metagross,e mostrando as Secret Bases que retornarão e poderão ser compartilhadas pelo mundo todo por QR Code,e o novo Pikachu Cosplayer!E claro os renovados Gym Leadear e Elite Four!Vejam o vídeo vocês mesmos!


À algum tempo também foi divulgado Mega Diancie(quem disse que Kalos não pode ter Megas) e Mega Sableye,que parece que vai ter uma defesa do caramba,vejam também!
A Mega Stone de Diancie será encontrada somente nos Remakes e o lendário será distribuído para o Pokémon XY,que ainda não há informações para o território brasileiro,só o americano que terá sua distribuição em lojas GameStop.Sobre as Mega Evoluções,Mega Metagross terá a habilidade Tough Claws que aumenta o poder de ataques físicos e terá um pequeno boost em todos os seus stats,já Mega Diancie terá a habilidade Magic Bounce que reflete os stats negativos,ou seja se alguém tentar diminuir sua defesa, ele que terá sua defesa diminuída,ela ganhará um Boost na sua Speed,Sp. Attack e Attack,e terá diminuição na Defense e Sp. Defense.Pelo jeito no Remake o Pokémon Amie terá seu retorno.Também já foram divulgadas imagens do Prof. Birch e aí está uma delas em seu pedido de socorro :

Essas foram as novidades do Remakes,se quiser saber mais sobre eles é só acessar o site oficial dele: Omega Alpha.

E mudando de assunto mais dois personagens Newcomers e 1 Veteran se juntam à batalha hoje,não deixem de ver os vídeo aí abaixo.Até

GTA San Andreas é Seus Easter Eggs #2 Serial Killer

Olá galera aqui e o lucario com mais uma postagem do tema Easter Eggs.
A Minha ultima postagem rendeu varias visualizações oque me deixou feliz porque pra muitas pessoas assim como eu se preocupam se as pessoas vão ou não vão gostar doque fizemos.
Eu irei postar sempre as Segundas Feiras os posts dos Gta e serão 5 Mitos que eu falarei aqui caso vcs gostem comente ai embaixo oque acharam é oque precisa melhorar porque isso vai estar ajudando muito
o Blog. Mais agora vamos falar do mito
O Serial Killer

Eu acho que uma ou duas vezes vc ja ouviu falar sobre ele né?ou tentou o acha na cabaninha que fica nos arredores do Monte Chiliad, ele e aquele carinha bizarro do terno preto estilo Cowboy que dizem que apareçe la pras 23:00 pras 3:00 horas da noite nos arredores do Fort Carson o Serial Killer assim como o Pé Grande apareceram no GTA 5(So o Pé Grande aparece Realmente o Serial Killer por inquato não foi achado e a unica evidencia dele e umas pedras que tem varios 8 e um poema) mais eu ja procurei e nunca o achei assim como o Pé Grande,Sorte?eu acho que não porque eu fiquei procurando ele por umas 2 horas e não o achei!
Eu não irei falar sobre o mito todo aqui porque e muito mesmo é essa post fica por aqui até a proxima galera e Fui

segunda-feira, 7 de julho de 2014

Novo Quadro!


Olá! Hoje trago comigo uma nova ideia que surgiu em mim... Um Quadro que eu chamo de United Tube! É simples funciona desta maneira, vocês que leem os meus posts pedem para eu gravar Gameplays sobre jogos, a cada um dos posts do United Tube vou trazer 3 Pedidos dos que eu achar mais interresantes como Gameplay. Os Video-Games dos quais vocês podem sugerir os jogos pra mim são : SNES, NES, e Sega Mega Drive. Por enquanto fiquem com Kirby Adventure! (Não me acustumei ainda com os controles do emulador...)
Até mais!

GTA San Andreas é seus Easter Eggs Parte #1 Pé Grande

Olá galera olha eu em mais uma postagem é hoje eu irei falar sobre os Easter Eggs de GTA San(Sabrina)Andreas primeiro eu irei falar sobre o Mito mais(eu acho) conhecido do GTA o mito do Pé Grande . eu ja tive chance de jogar o San Andreas é gostei muito dele graças a Rockstar que sempre cria otimos jogos como Max Payne e Red Dead Redemption mais a Rockstar...como eu posso dizer...adora por Brincadeiras ou Misterios em seus jogos mais agora falando do mito.

O Pé Grande

Dizem que ele aparece durante as 00:00 até as 05:00 nos arredores do Back o Beyond é da para ouvir barulhos é sons vindo dessa direção(Segundo as pessoas eu msm ja revirei aquele lugar todo é nunca o achei infelizmente >-< ) vou terminar essa Post com algumas Imagens do Mito é no fim vou botar algumas curiosidades sobre o Mito

         Back'o Beyond "De Volta ão Além" em Português 


Á Arvore Inclinada
Curiosidades

1°O Mito do Pé Grande ocorre na area mais cheia de mitos do Jogo!

2°Entre esses mitos estão o Rio Sujo,O Carro Fantasma é o Serial Killer!

3°O Pé Grande alem do San Andreas tambem aparece no GTA V (5)

Então isso galera essa foi a post do dia Semana que vem eu posto outra Fui.

#Edit:Galera deu um certo erro aqui na descrição da 2°Imagem aonde era pra estar escrito "Back'o Beyond De Volta ao Além" não sei no de vcs aconteceu a mesma coisa mas no meu aconteceu.



domingo, 6 de julho de 2014

Apresentação

Olá galera meu nome é Eduardo mais podem me chamar de lucario, a partir de hoje eu serei um dos Redatores do United Gamers. eu curto muito Games como: Mario,Super Smash Bros,Minecraft...
Jogo sempre os melhores jogos, é quando um game não funciona no meu computador (é olha que são muitos) geralmente eu assisto um Gameplay...
Vou tentar fazer um bom trabalho aqui no blog falando sobre jogos novos e que nunca foram comentados aqui no blog e também quero agradecer o Shadow Mario por ter me adicionado nesse blog sempre acompanhei o blog e gosto de ver o bom trabalho dos outros redatores.
Então é isso galera até a próxima postagem. Fui!

Franquias que devem retornar + Franquias Esquecidas - Especial NINTENDO

Olá galera,aqui é o GF novamente em mais uma postagem que demorei um tempão para criar e editar para que ficasse do melhor jeito possível.
Sejam bem vindos,fiquem a vontade,e vamos à postagem.

A Nintendo é considerada por muitos como uma das melhores desenvolvedoras de games do mundo,conhecida pelas suas grandes séries,como Mario,Zelda e Pokemon.Tive o prazer de poder jogar várias franquias dela no SNES,e agora vou ter oportunidade de jogar tudo aquilo que eu não joguei,no Wii.
Mas um dos principais problemas da Nintendo hoje em dia é:o esquecimento de suas grandes franquias.E nesse especial,vou trazer praticamente todas as séries que andam esquecidas por ela,e que podiam ajuda-la muito atualmente.

Franquias que devem retornar

SÉRIE STAR FOX
Tá bom,você deve estar careca de saber que uma das minhas séries preferidas,é Star Fox.Mas uma coisa provavelmente tu nunca percebeu: que meu apelido tem "dois nomes". GF pode ser Gabriel Felipe,mas também pode ser Gabriel Fox.E obviamente você sabe o motivo.
Star Fox estreou no SNES.Foi ele o divisor de águas para os games totalmente em 3D,mas além disso,ele era um game muito inovador para o seu gênero,o Shoot'em Up,que agora foi mais diversificado,se tornando um On-Rail Shooter.A nave não se movimentava livremente pelo cenário (e seria pedir demais para o primeiro game 3D,além do mais ele foi lançado nos primeiros anos do console),mas a física era surpreendente,os controles eram extremamente precisos,funcionais,o jogo tinha rotas alternativas,a trilha sonora era fantástica,e pra completar,todos os personagens eram carismáticos,e ficaram marcado para a história dos games.
Com a sua sequência,Star Fox 64,tivemos melhorias significativas,como o tiro Charge,visão de cockpit,mais rotas alternativas,a inclusão de um submarino e um mini-tanque,e mais ainda:um modo multiplayer,disponível para 4 jogadores.Sem contar que o jogo continuava fantástico nos outros quesitos,mesmo que tenha perdido um pouco do feeling/clima do seu antecessor.
Parte destes elementos foram pegos de um jogo cancelado,Star Fox 2,que já tem uma postagem aqui no UGB,feita por mim mesmo (clique aqui para ver).
Infelizmente,algumas coisas que seriam interessantes de se ver no SF64,foram descartadas.

A transformação : de On Rail Shooter,para Jogo de Aventura.

Com o Cube chegando,resolveram lançar um novo game da série: Star Fox Adventures .
Os jogadores estavam loucos para joga-lo.
O jogo é ótimo,tem visuais surpreendentes,e sua jogabilidade era inspirada nos Zeldas 3D.Porém,não tem nada a ver com  Star Fox!
A prova disso é que o jogo ia ser lançado pro N64,e ia se chamar Dinosaur Planet.Mas está bem,pelo menos foi um ótimo spin-off...



O problema é o que veio depois, Star Fox Assault.Na época,a Nintendo estava deixando outras empresas cuidar de suas franquias,como a Namco,que fez este Star Fox.O lado positivo é que o jogo voltou as raízes,entretanto,ficou com uma história que tenta ser séria e complexa,ou seja,coisa que não combina com Star Fox e tentou diversificar a jogabilidade,que acabou apresentando um grave defeito:as fases a pé.Embora elas não sejam ruins,com um tempo vão ficando enjoativas e repetitivas.Poderia até ter dado certo,se não tivessem falhado na sua execução.De resto,o game não mudou tanto,só manteve a maioria dos elementos clásssicos.
Mesmo assim,manchou a imagem da série.

Passaram se alguns anos,lançaram um jogo mais estratégico,Star Fox Command,para o DS.Um bom 
game,mas não é de peso,ou como muitos dizem,"AAA".
Fizeram um remake de Star Fox 64 3DS,que obviamente não conta como um jogo "novo".

Mas o pior de tudo isso,não foram os últimos games,e sim o fato de que a série foi mal aproveitada e depois do 64,estamos sem um Star Fox de verdade (se é que me entendem).
Uma das provas que a série não foi tão bem aproveitada,é o Star Fox 2.Cancelaram um game fantástico que estava a ponto de ser completado.Outra:nunca lançaram o primeiro Star Fox no Virtual Console.Isso também mostra que o SF original ficou ofuscado,por culpa de SF64.Todo mundo fala que o 64 é o melhor,mas acho que essa questão é indiscutível,já que o primeiro revolucionou e a sequência "só" inovou (quero deixar bem claro que ambos são excelentes).

E porque eu acho que deve voltar?
Pelo mau aproveitamento da série,pela escassez de jogos do gênero com alto custo de produção,e pelo jejum que ela está tendo há um bom tempo.
Tanto que pode retornar com Wii U aí agora.Tomara que não cancelem novamente para lançar o jogo no próximo console (o Star Fox de Wii U seria lançado no Wii).

SÉRIE F-ZERO
 
F-Zero começou a sua carreira como título de lançamento para o Snes,ao lado de Super Mario World e Pilotwings (o videogame já começou chutando bundas).É um jogo de corrida futurístico,que faz o uso de naves ao invés de carros,e serviu de base e inspiração para muitos jogos que vieram a seguir,como Mario Kart e Wipeout.
A jogabilidade desse jogo é muito complexa para um jogo de corrida do Super Nintendo.
As naves tem um ótimo controle,com uma espécie de asas,que servem pra "chiar" no chão,e são muito úteis em todas as pistas.Temos também o turbo,que dá um toque estratégico à jogabilidade.
É necessário isso e mais ainda para vencer as árduas corridas de F-Zero.
O game utilizou o inesquecível Mode 7,chip especial feito para gerar falsos 3D,que era responsável por gerar quase toda parte gráfica.Era e ainda é impressionante...um jogo de lançamento,com um visual deste jeito,que roda suavemente.F-Zero também ficou marcado pela sua trilha sonora de peso.Sua música mais popular é a "Mute City".
Sem sombra de dúvidas,o primeiro F-Zero foi e é um dos melhores jogos do Super Nintendo.
Continuando,com o lançamento do N64,nasceu F-Zero X,que deu uma renovada na série,deixando o jogo com gráficos totalmente em 3D,pistas com mudança de gravidade (característica que estará presente no Mario Kart 8),muito mais carros,modo multiplayer,e outros vários modos de jogo,além do aperfeiçoamento nos controles.
F-Zero X teve que sacrificar sua parte gráfica para ajudar o gameplay,e por isso,o jogo roda a 60 FPS perfeitamente,sem queda de frames.
Pode-se dizer que poderiam ter feito melhor,mas ninguém sabe se o jogo continuaria com a mesma fluidez.
Resumindo , foi um jogo muito bom.
Logo depois lançaram o F-Zero GX para o Gamecube,que ficou a cargo da Nintendo e a Amusement Vision.O game melhorou drasticamente.Adicionaram15 pistas inéditas,com mais personagens ainda,os controles ficaram excelentes,com uma precisão inquestionável.E como se não bastasse,eles adicionaram um modo Garage,em que você pode customizar os veículos,colocando novas peças que ajudam na performance,e até criar um design de um adesivo para uma nave,do zero.

Não posso esquecer de citar o inédito modo Story,que conta com missões especiais,mixadas com as também inéditas CGs,que pretendiam ajudar a aumentar o carisma dos personagens da série.Seus gráficos não deixam nem deixavam a desejar,pelo contrário,são muito bonitos até hoje,e a trilha sonora é fantástica.

Como era de se esperar,a dificuldade aqui é insana,qualquer erro cometido pode ser uma falha grave,pois a IA dos oponentes é oportunista,podem até te jogar pra fora da pista.
Lembra que eu disse que os controles são precisos?
Pois é,por causa dessa precisão,ficará mais difícil ainda de controlar,porque qualquer toquezinho no analógico pode arruinar toda uma corrida.
Apesar da dificuldade,F-Zero GX foi um jogão,e muitos dizem até que é o melhor da franquia.

Um F-Zero intitulado "F-Zero Maximum Velocity" foi lançado para o GBA,que dizem ser bom,porém,como eu nunca joguei nem nunca vi nada,não irei falar a respeito.

E depois desse não tivemos mais nenhum F-Zero.O Wii não teve nenhum,e o Wii U também está sem nenhum.Pode isso Arnaldo?

Porque deve retornar?
Jogos divertidos e com jogabilidades complexas estão escassos neste gênero.
Mario Kart pode até proporcionar isso,mas não é um jogo com uma mecânica complexa como a de F-Zero.

MARIO PAINT
Você deve achar que Mario Paint é mais um daqueles jogos obscuros e bizarros como "Hotel Mario" (que teve uma análise feita pelo grande Shadow Mario),mas eu te digo que é justamente o oposto disso.O jogo foi lançado para o Super Nintendo,e vinha com um mouse e uma tábua para ajudar nas pinturas.Muito legal não?
Ainda por cima,jogo ia muito além de só realizar pinturas.Você podia pintar de várias maneiras,tínhamos várias tipos de cor,borrachas (lembram de um foguete que limpava tudo na tela?),ícones da série Mario como tijolos e Goombas,também era possível produzir pixel arts,e grava-las,fazer uma animação com as suas pinturas,e tínhamos um editor que possibilitava ao jogador,compor músicas.Este editor é tão bom,que é usado até hoje por muitas pessoas.
 É impressionante como alguém conseguiu fazer isto no Mario Paint.

Mario Paint um game extremamente divertido,e usar o mouse para realizar os comandos do jogo foi uma ideia muito boa.
Mas o fato é que depois disso não vimos mais nenhum jogo da série.Lançaram um tal de "Mario Artist Paint Studio" para o fracassado acessório,N64 DD,que sempre foi desconhecido por muitos,e pelo que eu saiba,só saiu no Japão.Faz parte de uma série chamada "Mario Artist" - que tinha 4 jogos.
Porque deve retornar?
Nem é preciso explicar muito.O Wii U Gamepad e Mario Paint formam um casal simplesmente perfeito,o mesmo eu digo pro 3DS.Podiam até lançar como Free To Play (F2P de verdade,sem monetização).

Será lançado um jogo bem inspirado nesse,que é o Mario Maker,que até faz mais sentido,mas pô,seria legal também que lançassem um novo Mario Paint.

SÉRIE WAVE RACE
Wave Race é uma série de jogos de corrida com jetskis.
O primeiro jogo da série saiu para o N64...certo?
Errado.
Wave Race estreou no Game Boy,e se saiu bem (em questão de qualidade).Tem uma média de 74% no Gamerankings,ou seja,é um bom jogo.
Não tenho muito o que falar sobre ele já que eu nunca joguei.

Agora sim eu posso falar algo:
Sua sequência saiu pro N64,e apresentava um visual extraordinário,uma jogabilidade simplesfuncional,e um capricho em cada pequeno detalhe.


O elemento principal e mais impressionante (do visual) são os efeitos de água.Simplesmente inacreditáveis,pois se assemelham até com um jogo de PS2.
Fora isto,ele ainda tem uma física que beira a perfeição (para um jogo de N64),tanto dos jetskis,quanto da água.
Junte tudo isso a controles precisos,uma mecânica muito legal,músicas agradáveis,um belo acabamento,e temos um grande jogo,que foi um sucesso em questão de vendas,e diverte bastante até hoje.
Este é Wave Race 64.

Wave Race Blue Storm foi um dos primeiros jogos a serem lançados para o Game Cube,e já impressionava.
Contando agora com um sistema de clima em tempo real,que altera drasticamente as corridas,tanto na parte gráfica,quanto na jogabilidade.
Quer um exemplo?

Imagine um mar calmo,quase sem ondas,que dá para andar de jetski tranquilamente.
Agora imagine esse mesmo mar,com uma tempestade.Muda tudo.
E é assim que este sistema age.
Além desta esta alteração,os controles do jogo ficaram muito mais complexos,e talvez isso possa ser um defeito,porque é extremamente difícil domina-los,e mesmo na dificuldade mais fácil do jogo,você ainda pode perder muitas corridas - eu não entendo porque os jogos de Game Cube da Nintendo são tão difíceis.Fora que,a IA também não ajuda,pois é muito boa e aproveitará cada brecha pra passar de você.A adição de habilidades não foi uma má,nem boa ideia,porque elas não servem para nada.
Bem,o fato é que Wave Race : Blue Storm,foi um jogo ótimo,e infelizmente,o último jogo da franquia.
E porque deve retornar?
Porque é muito legal,sempre impressiona,e vende bem.

SÉRIE Excitebike
Este jogo tem uma história bem curiosa.O grande Shigeru Miyamoto,criador de Donkey Kong,Mario Bros,e outras séries de nome,gostava de ir pedalando com sua bicicleta até o escritório da Nintendo.E é daí que surgiu a ideia de criar Excitebike (isso aconteceu com outras de suas séries também,mas de outra maneira).
Excitebike é um jogo de corrida side scroller,que tem uma mecânica de jogo e uma física muito apuradas pra sua época.
Aqui,você não pode ficar somente correndo e correndo ; terá que se desviar de obstáculos que vão te atrapalhar muito.
Usar os objetos ao seu favor e saber usar a moto é crucial aqui,caso contrário,você nunca conseguirá chegar em primeiro lugar,ou melhor,fazer o melhor tempo.
No primeiro modo de jogo,apenas corremos contra o tempo,podendo escolher,desde o começo,5 pistas,que tem duas variações.Já no segundo,os competidores entram na pista,e a dificuldade aumenta consideravelmente,pois qualquer esbarrão fará sua moto (e a deles também) cair.

A dificuldade é gradativa,vai aumentando a cada pista e a cada variação.É fácil entender a mecânica,mas é difícil de domina-la.Não existia um multiplayer,e por isso,colocaram um criador de pistas,que é uma complicação,e quando você aperta a opção para salvar,o jogo trava.
Com um acessório chamado "Data Recorder",você consegue salvar,mas na versão americana,não adianta,você salva e quando liga o jogo de novo,a pista está apagada.

Sei que graficamente falando,Excitebike parece ser muito simples,mas não é.Antigamente só existiam games de uma tela só,como Donkey Kong,Pac Man,etc.Ou seja,o cenário não "andava" pro lado.Em Excitebike,tiveram que fazer o cenário "andar" suavemente,porque as motos são rápidas,então ele (o cenário) se move em alta velocidade.Outra coisa é que mesmo com muitos competidores na tela,os frames não caem hora nenhuma.

Agora,de uma coisa eu tenho certeza que você não sabia (a menos que tenha comprado e lido a revista Old Gamer,Edição 12):
Que Excitebike serviu de inspiração para Super Mario Bros.
A ideia de incluir a Warp Zone no primeiro Super Mario Bros,veio de Excitebike (de um modo ligeiramente modificado),em que você só acessa se for um bom jogador.
Outra,a tecnologia de scrolling usada neste jogo,serviu como um "teste" para ganhar experiência,e implementar isto em um outro jogo (sim,implementaram em Super Mario Bros).
E para terminar,Miyamoto viu a ideia de controlar pessoas com uma moto em Excitebike,e queria que Mario montasse em alguma coisa parecida.Foi isso que levou ele a criar o Yoshi,que só não apareceu em Super Mario Bros pelas limitações do Nintendinho.

Por tudo isso,Excitebike foi um jogo excelente,e que serviu de fonte de inspiração para alguns jogos,como Bike Mania e Super Mario Bros.

A maioria dos joadores não tem conhecimento da sequência do primeiro jogo.
Este é Excitebike 64,que foi obviamente lançado para o Nintendo 64.Este evoluiu o conceito do primeirão,colocando pistas em 3D,com câmera de trás,e incluindo novos recursos na jogabilidade,como a possibilidade de virar a moto no meio de um pulo - creio que nenhum jogo de moto da época tinha isto - fazer manobras,empinar a moto,derrapar de diversas maneiras,e dar um boost no final de uma rampa.

Fora isto,as pistas agora tem atalhos,e certas pistas são constituídas de terra,grama,asfalto,e em algumas,existem até passagens com água.Por falar em pistas,agora você pode cria-las e salvar no Memory Pak (que é inserido no joystick do console).
Esses elementos fizeram o jogo ficar mais divertido,intuitivo,além de ampliar a curva de aprendizagem.

Os visuais do jogo são muito bons,e detalhados,especialmente nas pistas abertas.
Resumindo,Excitebike 64 foi um jogão,que ampliou e melhorou o conceito deixado pelo Excitebike original.

OBS: me basearei em críticas de outros lugares pois nunca cheguei a jogar este jogo,e nem os outros dois que falarei em breve.

Excitebike : World Rally,lançado para WiiWare,não é muito conhecido,e recebeu notas boas e ruins também.
O jogo foi muito criticado pela rígida e quase sempre imparcial revista Edge Magazine (que realmente é muito boa) por ter evoluído pouco em relação ao primeiro Excitebike - e um certo retrocesso se comparado ao 64 - e pelos seus gráficos simples demais,além de uma falta de multiplayer local.Outro defeito apresentado é que a jogabilidade não ficou intuitiva,explicando melhor,nem é mais preciso ficar apertando "baixo" ou "cima" para pular uma rampa ou "pousar",todos os obstáculos que você encontrar é só preciso dar um boost na moto e bye bye,você dispara - exceto pelas barreiras.
Ou seja,o jogo ficou muito mais casual,o desafio é quase nulo.
O autor da análise deu uma nota 4,mas disse que não é um jogo ruim,injogável,só foi desnecessário.

Contudo,o jogo aparenta ser divertido e tem um modo muito bom de criação de pistas.
Enfim,World Rally foi só mais um jogo da série,que poderia ter sido muito melhor do que foi.


Duas sequências espirituais de Excitebike foram lançadas para Nintendo Wii : Excite Trucks (o da direita) e Excite Bots (o da esquerda).
O primeiro foi bem elogiado pela crítica,por ter uma boa jogabilidade,visuais muito bons e bonitos,e por ser divertido,apesar de não ter um multiplayer bom e pouquíssimas pistas para um jogo de Wii.
Já o outro...nem tanto assim.A mesma revista Edge (essa edição até saiu no Brasil) disse que o jogo retrocedeu em relação a Excite Trucks,pois os controles não ficaram bons e a IA ficou exagerada,mais o design das pistas,que é confuso.
Então,é aqui que a série "Excite" termina.Mas...

Porque deve retornar?
Simplesmente porque estamos precisando de jogos divertidos,intuitivos,e porque assim como outros jogos que citei aqui,se bem divulgado venderia muito.

Franquias Esquecidas

StarTropics
Isso que é capa boa!
Startropics é basicamente uma série de aventura muito inspirada em Zelda.
Um fato bem curioso sobre StarTropics ficou marcado para sempre na história dos games:
Ele vinha com um manual que continha uma carta escrita pelo tio do personagem principal.Se você pegasse esse carta e molhasse na água - não no jogo,de verdade mesmo - o papel revelava uma senha que servia para passar de um puzzle.
Simplesmente genial.

Pena que esta ideia não foi bem executada,pois só adiantava molha-la uma única vez,e muitas vezes ela acabava rasgando por ser frágil demais.Outra coisa é que para quem ainda tem o jogo,ou comprou recentemente,é melhor nem molhar a carta,pois vai estar velha e não vai adiantar de nada.Portanto,deixe a carta guardadinha aí na caixa de seu jogo,claro,se você tiver.


Houve uma sequência chamada "Zoda's Revenge",ou simplesmente "StarTropics II",que melhorou os controles (eram muito duros no primeiro jogo),introduziu a possibilidade de se andar na diagonal,etc.
 
Era uma série que não chegava a ser muito diferente assim de sua inspiração (Zelda),mas que hoje em dia com o conhecimento que a Nintendo tem,poderia até se tornar uma das principais franquias dela.


Custom Robo
Aposto que alguma vez apareceu um troféu de um robô de cabelo vermelho no seu Smash Bros (Melee ou Brawl) e você disse:
"Mas de que série veio esse personagem?"

Pois é meu amigo,é da série Custom Robo.
Ela funciona assim:
Você pega um robô e escolhe diversas armas e outros apetrechos e põe ele pra batalhar.Se tu ganhar as partidas,você vai ganhando peças daquele robô que acabou de enfrentar.Caso contrário,você perde suas peças e as entrega para seu oponente.

É bem desconhecido pois a Nintendo cometeu o crime de só lançar jogos da série no Japão.
 
Atualmente poderia se tornar uma série tão conhecida como Pokemon,e poderia se tornar um dos poucos jogos da Nintendo que tem um forte componente online,pois afinal,é um jogo que combina muito com isso.

1080 Snowboarding

É raro ver a Nintendo produzindo jogos de esporte (independentes).Bom,1080° Snowboarding é um desses.O jogo tinha uma mecânica de controle muito boa,com diversos movimentos para realizar,e diversas pistas,personagens e pranchas para escolher.
Foi um dos jogos mais legais que eu já joguei no N64.

Depois disso,a série simplesmente acabou,foi pro limbo.Não sei essa série DEVE retornar,mas que seria bom,isso eu posso afirmar com toda certeza.

Pilotwings
Pilotwings é uma série de simulador de voo muito simples e difícil,e foi o primeiro jogo do Super Nintendo a usar o tão conhecido chip Mode 7,que gerava falsos (mas impressionantes para a época) 3D,com efeitos de rotação,ampliação e tudo mais.

Teve mais duas sequências : uma para o N64 que expandiu o conceito do primeiro,e introduziu gráficos 3D,proporcionando maior imersão,e uma para o 3DS,que acabou modernizando o jogo e tornando-o muito mais fácil.

Seria muito legal ver uma sequência sendo lançada para o Wii U.

"Mas faltou esse jogo"
Sim,faltaram muitos jogos na lista como Ice Climbers,Kid Icarus,Mach Rider,dentre outros,mas aí a postagem ia ficar maior do que já está,além de eu não ter tanta coisa para falar de alguns jogos.
Eu também poderia muito bem falar de Metroid,ou Fatal Frame,mas a Nintendo já deu indícios que essas séries irão aparecer no Wii U.

Quanto a Star Fox,só deixei ele nessa postagem porque eu queria falar sobre ele de qualquer jeito,lembrando que corre o risco desse pro Wii U ser cancelado,afinal já cancelaram dois da mesma franquia (mas tomara que isso não aconteça!).

"GF,CADÊ Earthbound!?!?"
Se contente,a série acabou,o próprio criador dela disse isso,e é melhor assim pois imagina eles fazendo mais um e esse acabar forçando demais a história e outros elementos,poderia manchar a imagem da série.

O que deveria acontecer é o seguinte : o Shigesato Itoi criar uma nova série,que poderia até ser inspirada em Earthbound (ou Mother,como preferir),mas uma sequência ou remake seria muito arriscado.

Gente,chegamos ao fim da postagem,sinto muito se não ficou como deveria,mas eu fiz o que pude para lhes entregar um bom artigo.

Podem comentar à vontade,se tiver algo de errado escreva,dê sua opinião aí,mas por favor,não deixe de comentar pois,são vocês leitores,leitoras e redatores que me motivam a continuar postando no United Gamers.

Um abraço à todos,e até a próxima.