quinta-feira, 26 de junho de 2014

Top 5-Jogos Favoritos do Sonic

Olá pessoal,beleza?Fiquei um tempo sumido,pois estava jogando Zelda Ocarina 3D...Mas eu voltei agora.Bom como vocês devem saber,dia 23/06(Segunda) foi o aniversário de 23 anos do Sonic,e em homenagem ao ouriço vou fazer um top 5 dos meus jogos favoritos dele(eu sei que to meio atrasado)

5º Lugar-Sonic Rush Adventure

Em quinto está o jogo Sonic Rush Adventure lançado exclusivamente para o Nintendo DS,mas também pode ser jogado no 2/3DS,o jogo é a continuação de Sonic Rush,lançado para o mesmo portátil.Neste jogo Sonic e Tails estão à procura de uma esmeralda do caos,no meio da tempestade, até que um raio atinge o Tornado,e Sonic e Tails acabam caindo no meio de um...tornado, e quando são acordados por Marine,percebem que estão numa ilha totalmente desconhecida e perdidos...O jogo tem uma jogabilidade bem fácil de se aprender e decorar.É um jogo muito bom para passar o tempo,por ter uma história muito boa,vária missões extras e outros modos,aqui tem um vídeo do jogo.

4º Lugar-Sonic Adventure DX
Sonic Adventure DX,foi lançado para o GameCube e PC,muitos reclamam desse jogo por ser cheio de bugs,lags,etc,mas eu,achei o jogo ótimo,não tive nenhum problema com lags.No jogo Sonic está relaxando na cidade quando uma espécie de aguá com cérebro apareceu,se chama Chaos 0,Sonic o derrota mas ele escapa,então vimos Robotnik(ou Eggman) no topo do prédio dizendo que esse era só o começo.O jogo conta com 6 diferentes tipos de histórias onde cada uma depende do personagem que você está usando,os personagens são : Sonic,Tails,Knuckles,Amy,Big e E-102 Gamma,também tem a história do Super Sonic onde você enfrenta o Final Boss.A única coisa que eu não gostei foi das missões do Big...GATO INÚTIL

3º Lugar-Sonic Lost World(3DS)
Sonic Lost World foi lançado para o 3DS e o Wii U,mas como não tenho Wii U só joguei a versão do 3DS, e tenho que dizer,o jogo é sensacional,apesar de ter alguns defeitos não encontrei tantos.A jogabilidade está muito boa,as únicas coisas que não gostei tanto foram as Cutscenes em baixa definição, ter poucos estágios no modo Online e e os Boss serem muito fáceis.Sonic e Tails estão perseguindo Eggman que joga um de seus contêineres com animais pelos ares,então os heróis vão atrás deste,quando chegam perto veem que estão numa terra nova chamada Lost Hex,e quando chegam percebem que Robotinik tem novos ''amigos'' que são mandados à destruir Sonic,são os Deadly Six.O jogo conta com a volta dos Wisps que surgiram em Sonic Colors e também têm uma aparição no Sonic Generations.

2º Lugar-Sonic Adventure 2 Battle HD
Em segundo está um jogo que eu amo,Sonic Adventure 2 Battle HD,o jogo foi lançado para PS3,Xbox 360 e PC,é a continuação de Sonic Adventure,que está cheio de inovações,comparado ao seu anterior,trazendo Shadow e Rouge ao universo do ouriço,a jogabilidade está boa na minha opinião,tem o modo 2P e uma modo de corridas,que é meu favorito e claro o modo história.No jogo Sonic foi confundido com Shadow que roubou uma esmeralda do caos,então prendem Sonic que escapa,mais é pego de novo. Então ao saber Tails vai libertar Sonic que está preso na Prison Island.E no deserto uma morcega chamada Rougue aparece dizendo para Knuckles que a Master Emerald era dela,e no meio da discussão dos dois Robotinik aparece e rouba a Master Emerald,Knuckles a quebra para evitar que fosse roubada,então tem que juntar as peças para restaurá-la ao seu estado normal.

1º Lugar-Sonic The Hedgehog 3 & Knuckles
Em primeiro lugar está o jogo perfeito Sonic 3 & Knuckles,esse jogo quase que não têm defeitos,foi o melhor Sonic e jogo que já joguei na minha vida,o jogo é uma espécie de DLC,continuação ou completação do Sonic 3(sei lá) onde você só vai conseguir jogá-lo no Mega Drive se tiver o jogo Sonic 3 e uma entrada do jogo Sonic & Knuckles aí você encaixa o jogo na entrada e coloca ele para jogar.O jogo conta com 3 personagens : Sonic,Tails e Knuckles,onde as fases de Knuckles são as únicas realmente diferentes dos outros dois.A história do jogo se passa logo após do Sonic 2,onde depois de Tails encontrar Sonic o ar,saem voando até uma ilha,onde são atacados por Knuckles,que foi enganado por Robotinik dizendo que Sonic e Tails são vilões que usariam as esmeraldas para o mal,então ele rouba es esmeraldas e as escondem nuns anéis,então Sonic e Tails têm que encontrá-las,Knuckles ao descobrir a farsa do doutor,vai atrás dele se vingar.O jogo tem uma jogabilidade muito boa,é cheio de fases e possui um excelente modo Versus. Como não encontrei nenhum Trailer da versão com o Knuckles aí vai o trailer do Sonic 3.

Este foi o Top 5 com os meus jogos favoritos,se quiser pode deixar seus 5 jogos favoritos do ouriço nos comentários,até logo pessoal,espero que tenham gostado.

terça-feira, 17 de junho de 2014

Fórum United Gamers


Isso mesmo leitores e leitoras!
Agora um dos melhores blogs do mundo ganha um fórum feito especialmente para ele.

Já fizemos algumas tentativas de criar um fórum para ele,mas não deu muito certo (faltou apoio dos redatores).

Mas bem,cá venho eu anunciar que um novo fórum está sendo feito para ele.
E eu posso por favor que vocês participem dele (Shadow Mario já criou uma conta por lá).

É só clicar no link abaixo,criar uma conta,e fazer login:
http://ugbrasil.forumeiros.com/


Então,é isso galera,tudo de bom pra vocês,um abraço e até mais.

sexta-feira, 13 de junho de 2014

O que você achou da E3?

Irei fazer um resumo mostrando os jogos que me interessaram e os que me decepcionaram na E3 de 2014.

Muitas pessoas ficaram sabendo do maior evento da indústria de games.Mas a verdade é que muitos também não puderam ver por algum motivo,ou simplesmente não se interessaram como,eu.

Bom,confiram aí o que para mim teve de melhor (e as minhas decepções).

A conferência da Nintendo,apesar de ter sido a melhor (ou uma das melhores) não ficou tão boa assim,pois não chegaram a anunciar nenhum Metroid,não mostraram Star Fox direito,e se formos atentos veremos que ela não apresentou uma quantidade boa de jogos,apesar da maioria ser de alta qualidade,como o jogo que vou falar a seguir.



O novo Zelda aparentemente está fantástico.Não deixe se levar pela opinião desses fanboys de Ocarina of Time e Twilight Princess.Vi eles dizendo que os gráficos sofreram um downgrade,mas nada disso aconteceu.O que ocorreu foi que o estilo artístico mudou drasticamente.
Isso me lembra quando mostraram uma tech demo de Zelda para GameCube,e logo depois lançaram um game com uma arte completamente oposta à dele,e aí o público acabou não gostando dos visuais do jogo,mesmo eles estando espetaculares (sim,estou falando do Wind Waker).

Mas enfim,o jogo está com um visual lindo,com ótimo uso do draw distance,iluminação impressionante,o mundo parece ser imersivo e extenso,e tem tudo para ser (mais) um grande jogo dessa gigante série.


  • DECEPÇÃO


Essa E3 foi muito "páiosa" em questão de jogos de luta.Somente 2 foram apresentados,e os dois são fracos (o outro é o Dragon Ball Xenoverse).
Mortal Kombat X tem tudo para ser pior ou tão ruim quanto seu antecessor.
Primeiramente os golpes estão sem impacto nenhum.Você não sente aquele impacto de um soco forte sendo acertado na cara do oponente,como eram os MKs 1 2 e 3.Os personagens novos,que remetem ao Mortal Kombat Armageddon,não tem carisma,e são genéricos.
Uma mulher inseto?
Filha do Jhonny Cage com a Sonya?
Brutamontes com uma menininha como ajudante?

Genérico véi,genérico.
Os gráficos estão abaixo da média para um jogo next-gen,com uma iluminação que ainda continua ruim,e um péssimo design personagens,que parece idêntico ao de MK9.
E a física mal feita,os personagens não param de quicar no alto.

Até que é interessante eles terem colocado interações com o cenário,mas não era este tipo de coisa que eu esperava ver,e sim (por exemplo),você jogando o oponente na parede,e usando esta vantagem para bater nele,etc.

A maioria das pessoas está elogiando o jogo.As vezes,fico me perguntando se é eu que estou louco.Mas não acho que seja isso.

Eu penso que ou estas pessoas tem um baixo senso crítico,ou são fanboys da série,e por isso protegem seus joguinhos a todo custo,ou então são as duas coisas juntas.

O jogo pode até ser um sucesso de vendas e de crítica,mas eu duvido que ficará bom.



No Man's Sky é um jogo que me pegou de surpresa.Eu fiquei surpreendido com o design artístico do jogo,com a imersão,e a possibilidade de sair de um planeta e ir para outro.É algo que eu sempre pensei mas nunca imaginaria que seria possível reproduzir em um jogo.
Este sim é um game que mostra o potencial que os videogames da nova geração possuem.
Ele será um exclusivo para o PS4,temporariamente (depois acho que será lançado para o XONE e Windows).

  • DECEPÇÃO


Não me agradou nem um pouquinho este trailer do novo Tomb Raider.Primeiro que a Lara continua totalmente irrealista,pulando do quinto dos infernos,num lugar que está chovendo,com pedras escorregadias,e no fim conseguindo se segurar com uma picareta.E agora a Lara está se parecendo mais ainda como uma assassina,e não como uma arqueóloga,como ela deveria ser.Resta saber se o jogo pelo menos corrigirá todos os erros que eles cometeram no Reboot.




 Xenoblade Chronicles X é um jogo que já tinha chamado a minha atenção quando foi anunciado.
O mundo do jogo está muito interessante,os mechs,os personagens,a ambientação,tudo está me agradando.O que eu acho que está ruim é que há uma carência de detalhes em algumas coisas,como o rosto dos personagens e certas partes dos mechs,mas em geral o gráfico está agradável para um jogo que promete ter um universo imenso e cheio de interações.
Outra coisa que me irritou foram essas vozes fininhas que parecem de menininhas...mas isso daí me irrita em quase qualquer trailer de um JRPG. LOL
Enfim,"X" tem tudo para ser um grande jogo.





Fiquei muito feliz quando soube que Star Fox foi anunciado na E3.Mas logo depois veio minha decepção : enquanto o Miyamoto estava a falar do novo jogo da raposa,o jogo ia rodando no fundo,mas eles embaçaram a imagem para não podermos ver como ele estava ficando!
Pô,eles poderiam ter mostrado ao menos um pouquinho,para a gente ter uma ideia de como o jogo vai ser.Mas está bom,pelo menos agora eu sei que eles estão querendo lançar um jogo totalmente novo (e bom ) dessa série.
O jogo promete contar com 3 modos de jogo,e também com controles que serão difíceis de dominar,mas que darão mais opções de como controlar a nave,para o jogador.
Provavelmente Star Fox U sairá em 2015.



Um criador de fases baseado na série Mario.Tava demorando né Nintendo?
Mas antes tarde do que nunca.
A ferramenta será muito útil para aqueles que faziam suas hacks de Super Mario World,Super Mario Bros,etc.
Imagina,poder criar uma fase inteirinha do zero naquele Gamepad,deve ser uma beleza.
Por enquanto duas skins de layout foram confirmadas : a do primeiro Super Mario Bros e a do New Super Mario Bros U.Mas pode ser que eles anunciem uma/umas nova/novas também.
E parece que o jogo buscou inspiração de Mario Paint.Fato que comprova isso é uma recente entrevista que Takashi Tezuka disse que o jogo buscou inspiração desse clássico do Super Nintendo,e disse até mesmo que ele pode herdar alguns modos dele,como o compositor de músicas.
Outra coisa é que podemos ver objetos de Mario Paint nesse trailer,como a raquete para matar os mosquitos,e o cachorrinho (esqueci para quê ele serve),além dos próprios mosquitos (uma parte do trailer ficou muito nostálgica para quem já jogou Mario Paint).
Será muito bom,se for um jogo gratuito,ou uma DLC baratinha,ou que venha em algum outro jogo...porque se for lançado em mídia física já é sacanagem.

DECEPÇÃO


A Sony nessa E3 ficou só mostrando teasers teasers e mais teasers,sem gameplay nem nada,só cutscenes praticamente.
Uncharted 4 : A Thief's End foi mais um desses jogos que não teve um gameplay.
Sim,os gráficos estão impressionantes,mas eu esperava um gameplay,e não somente uma cutscene rápida.
Vamos ver se na próxima E3 ela mostra mais sobre o jogo (mas não tanto quanto na em 2011,em que eles mostraram as principais partes do Uncharted 3).



O que a Sony não fez,a Rocksteady fez : mostrou um gameplay empolgante do aguardadíssimo Batman Arkham Knight.E o jogo ó...tá muito bom.Os gráficos estão impecáveis,e a Gotham City está toda detalhada,cheia de partes exageradas,como vimos em alguns filmes do Batman,e a jogabilidade parece que ficará melhor do que já era antes,ainda mais porque adicionaram o Bátmovel como veículo controlável (tomara que o gameplay dele fique agradável).
É um jogo que com certeza irei adquirir se comprar um PS4 (e se ficar bom é claro).




Metal Gear Solid é uma série que eu conheci há pouco tempo,mas se tornou uma das minhas franquias preferidas,assim que terminei o primeiro jogo.
O trailer é misterioso,e pode me chamar de burro,mas eu não consegui perceber nada em relação à história da série com este trailer.
Eu só espero que ele seja mais jogo e menos filme (ao contrário de Metal Gear Solid 4),e que removam esse negócio da vida se recuperar sozinha,e a câmera lenta quando vamos pegar os inimigos de surpresa.
Bom...resta a nós esperar até que 2015 chegue (não está muito longe não).



Não gostei da forma que esse Kirby vai ser.Não me entenda mal,a mecânica é interessante e os visuais com massinha de modelar ficaram geniais,mas eu prefiro da forma que ele sempre foi : um jogo de plataforma.Contudo,o jogo não aparenta estar ruim,muito pelo contrário,está muito bom e tem tudo para ser um grande título,se tudo der certo.



Depois de dois jogos com level design e trilha sonora nada inspiradas,parece que finalmente vamos ter (novamente) um jogo do Yoshi decente.E eu gostei do fato da desenvolvedora do Kirby's Epic Yarn estar produzindo este.
Está com uma jogabilidade e um visual bem legal,e este multiplayer parece que será muito bom também.
Porém,eu gostaria que nesse jogo tivesse como morrer,para proporcionar mais de desafio aos jogadores.


Bayonetta 2 está me agradando muito,desde a jogabilidade até os gráficos,que estão ótimos (apesar da falta de detalhes em algumas coisas),com direito a roupa da Peach,do Link,e da Samus,que adicionarão certos detalhezinhos.
E realmente,como vi em alguns sites,o traseiro da Bayonetta está bem chamativo,principalmente na capa do jogo...rs.
Enfim,esse jogo tem tudo para ser um sucesso no Wii U.E ainda virá com o primeiro e grande Bayonetta! :D

Conclusão :
O que salvou a E3 foram os anúncios de alguns jogos específicos (como Batman Arkham Knight,No Man's Sky,etc.) e a conferência da Nintendo,que veio recheada de jogos bons - mas ela mesmo nem foi tão boa quando parecia que ia ser.
Eu penso que esse ano foi muito fraco,aliás,já fazem anos que a E3 têm sido bem fraquinha.
Poucos jogos bons (e com gameplay) anunciados,e a maioria deles sairá em 2015,com exceção de alguns como o Bayonetta 2.
Tomara que a E3 de 2015 seja um ano fiquemos satisfeitos quanto a quantidade e qualidade dos jogos,além da qualidade do próprio evento.

Gostaram da postagem?
Apresente sua opinião aí nos comentários,não esquecendo de dizer o que você achou dessa E3.

Um abraço à todos,e até a próxima.

Analise: Wario World


Saudações caros leitores! Trago para vocês mais uma analise de um jogo para GameCube. Hoje, de Wario World, um Spin-Off da série Wario Land lançado em 2003 para o console, cujo é, até hoje, o único jogo 3D de aventura do Wario. Sem mais delongas, vamos lá!


A história do game se inicia dentro do riquíssimo Castelo de Wario, onde o encanador ganancioso está rindo sobre todo seu ouro. De repente, vindo do subsolo do castelo, The Black Jewel, uma joia cujo na verdade é uma criatura maligna, acorda de seu baú e destrói todas as riquezas de Wario como forma de punição, e promete vingança ao mundo sequestrando os Spritelings, pequenos seres que são os únicos que podem derrotar o The Black Jewel.

É nessa hora que Wario, se encontra em um "pátio" com quatro mundos. Ele deve então salvar os Spritelings e ajudá-los a derrotar o vilão, a fim de salvar seu tesouro e, respectivamente, o mundo. O enredo é realmente bem simples, mas não é o foco principal do jogo. Agora vamos ao que realmente interessa, o Gameplay:

Wario World usa o bom e velho padrão de jogos de plataforma 3D estabelecido pelo Super Mario 64. Mas diferentemente de qualquer outro jogo, ele se segue por uma jogabilidade 2.5D. Sim, o jogo não é de mundo aberto, mas isso não tira o brilho que é sua jogabilidade. Wario pode andar pelo analógico, pular pelo A, bater pelo B (Assim como carregar objetos e inimigos), dar um golpe acelerado pelo R e sugar moedas e outros objetos menores pelo L, de forma semelhante que o aspirador do Luigi faz no Luigi's Mansion. Há também outros "golpes" que Wario pode executar, como um Ground Pound com a A + R, ou um super salto giratório, com R + A.


Como dito anteriormente, após The Black Jewel ter destruído todas suas riquezas, Wario é teleportado a um "pátio". Esse pátio, chamado de Treasure Square (Ou Courtyard, como é listado na OST do jogo), apresenta quatro mundos com sua própria temática: Excitement Central (Temática de dinossauros) , Spooktastic World (Temática de Haloween), Thrillsville (Temática de gelo, pé de feijão e lava) e Sparkle Land (Temática de magia, deserto e pirata). Cada mundo apresenta duas fases e um Boss, sendo que ambas as fases que cada mundo apresenta, possui um mini-boss no final de cada.

Os inimigos desse jogo são bem variados. Temos dinossauros, esqueletos (Como o próprio Dry Bones que marca presença), Whomps, pássaros, palhaços, leões, múmias, bruxas e etc. Todos os inimigos, são divididos em classes: Pequenos (Cujo são matados por um só golpe), médios (Que após desmaiarem com uma certa quantidade de hits, podem ser pegos), grandes (Que possuem armas e demoram mais para desmaiar), voadores (São como os médios em relação a vida), lançadores de bomba (Onde possuem um casco gigante nas costas e atiram pequenas bombas), que podem ser utilizados (Exemplo: Uma estaca de gelo que pode grudar na parede) e etc.

O jogo apresenta 12 bosses no total, se considerar os Mini-Bosses. Todos eles, com exceção do SandWorm (Que aparece novamente no último nível, como um inimigo comum), aparecem unicamente em suas fases. Cada Boss principal do mundo, dá ao jogador uma Boss Key ao ser derrotado, que permite ir a outro mundo. São quatro chaves, que mais tarde liberam o "grande tesouro" que aguarda o jogador.


Cada fase do jogo, apresenta três objetivos principais: Vencer o chefe, recolher todos os oito pedaços da estátua de ouro do Wario e obter todos os oitos tesouros perdidos do Wario. Para lutar com o chefe, teremos que pegar uma determinada quantia de Red Diamonds, que estão escondidos em minigames. Esses minigames, se localizam em passagens com um grande X encima, onde só precisamos dar um Ground Pound para acessá-las. Esses minigames consistem em vencer pequenos desafios para alcançar o Red Diamond.

Existem passagens mais difíceis de acessar. Essas, com o desenho de dois retângulos, necessitam que peguemos um inimigo, para fazer um Ground Pound. Assim, fazendo mais peso para entrar. Esses minigames são bem mais complexos do que os normais. Ao contrário dos outros, eles viram algo semelhante aos desafios do Super Mario Sunshine. Precisamos cumprir certos objetivos ou simplesmente alcançar um certo lugar onde está o Red Diamond. Nesses minigames, o cenário fica totalmente 3D, diferentemente do gameplay normal do jogo. Depois de pegarmos todos os Red Diamonds, só precisamos chegar na área determinada, e lutar com o chefe.

Os oitos pedaços da estátua dourada do Wario, estão espalhadas por toda a fase, inclusive nos minigames. Portanto, é sempre importante vasculhar, já que ao completar toda a estátua, meio coração é adicionado na barra de vida do Wario. Ambas as fases de cada mundo apresentam estátuas douradas, o que nos dá um coração completo se pegarmos todos os pedaços. Por isso, é essencial pegá-los, já que na batalha final, para termos mais vantagem, precisamos ter a mesma barra de vida do The Black Jewel.

Os oito tesouros perdidos, apesar de estarem na lista de tarefas de cada fase, não são obrigatórios. Eles são itens colecionáveis, nos quão dão minigames do Wario Ware, Inc..: Mega Microgame$!. Para jogá-los, o jogador precisa de um Game Boy Adapter, no qual liga o Game Boy Advance ao GameCube. A ideia é até interessante, mas como o adaptador não vem junto ao jogo, fica complicado testá-los e faz com que os tesouros, sejam nada mais do que meros itens opcionais de serem coletados, afim de concluir o jogo 100%.


Como eu disse, Wario tem uma barra de vida representada por corações. Ao levar dano de um inimigo, perdemos meio ou um coração inteiro (Isso depende da classe do inimigo). Para recuperar nossa vida, contamos com Garlic, que na tradução seria alho. Sim, para recuperar nossa vida, precisamos comer esses alhos. Cada um, preenche um coração inteiro. Eles são encontrados em pequenos baús (Ao lado de moedas), ou por um vendedor nada simpático chamado Garlic Dispenser. Ele é um grande alho que, quando nos aproximamos, começa a fazer ruídos tentando convencer o jogador de comprar um de seus alhos. Ao ponto que vamos progredindo no jogo, seu alho começa a ficar mais caro, portanto é bom sempre coletar moedas.

Isso inclui também para quando você morrer. Ao invés de nos jogar para fora da fase, ou voltar a um Checkpoint (Que na verdade não existe aqui), a tela de morte apresenta um grande "Game Over" e nos dá a chance de tentar de novo por mil moedas. O valor também sobe, assim como o jogo vai ficando mais difícil. Um fato bom de citar, é que quando caímos de um penhasco ou buraco, não morremos. Na verdade , caímos em uma região abaixo do solo cercada por fantasmas, que roubam nossas moedas com mordidas. Para sairmos do local, precisamos estourar as caixas na procura de uma mola, que nos tira de lá. Muitas caixas possuem bombas dentro delas, nos qual não servem pra nada.

Ao ponto que nós vamos prosseguindo, a temática dessas áreas mudam (Assim como a dos minigames). E a cada fase, mais água é adicionada nelas. Essa água, além de nos atrapalhar em busca da mola, nos tira moedas se ficarmos sobre ela, então é bom evitar cair nos buracos.

Todas as fases, em si, são bem grandes. A maioria apresenta uma segunda área, no qual o cenário muda bastante a aparência e fica, constantemente, mais difícil. O fato delas serem, em sua grande maioria em 2.5D, pra mim traz uma cara única ao jogo. É um modo de deixar o game totalmente diferente dos demais de plataforma, o que pra mim, é muito bom.

O jogo traz uma Trilha Sonora bem variada. Pra falar a verdade, deve ser uma das melhores de um jogo de GameCube. O estilo musical sempre varia de fase em fase, o que é ótimo, já que as músicas se agrupam perfeitamente na atmosfera de cada fase. Confiram algumas:











Enfim, Wario World é um excelente jogo. É sem dúvidas o meu preferido de toda sua série Wario Land. O fato é, que mesmo que o joga seja muito bom, não teve uma recepção muito boa. Apesar de ter entrado para a categoria Player's Choice em 2004, por ter vendido mais de 260,000 cópias no Japão, a "critica especializada" IGN, disse: "The game is fine, but not as fine as a Mario game" (Que na tradução seria: "O jogo é bom, mas não tão bom quanto um jogo do Mario).

Até porque, realmente, Wario World é muito semelhante aos jogos do Mario, não é senhora IGN? Algumas criticas reclamam pelo jogo ser um pouco curto demais, e isso eu concordo. 12 fases, em si, são bem poucas. O jogo é até mais curto que Crash Bandicoot 2: Cortex Strikes Back! do PS1 com suas 25 fases. Talvez seja isso o motivo pelo qual a Nintendo nunca fez uma sequência: Não foi muito bem aceito pela critica.

Mas o que eu acho, é que a Nintendo deveria ter visto a opinião dos jogadores também. Muitos que jogaram esse jogo que eu conheço, até hoje, tem ele como um de seus preferidos do GameCube. Sim, ele pode ser finalizado em um dia, mas isso não tira o brilho dele. É um excelente jogo de plataforma que pode divertir muito o jogador por horas. E poxa, é o único jogo 3D do Wario! Tá mais do que na hora de uma sequência Nintendo!

Curiosidades:
  • O site de Wario World, feito em meados de 2003 e 2004, é hoje, ironicamente, o site oficial da Nintendo.
  • Wario World foi um dos poucos jogos da Big N que não foi lançado primeiramente no Japão. Na verdade, o jogo só foi lançado no Japão em 2004, sendo que já estava nos Estados Unidos, Europa e Austrália em 2003.
Gostou da postagem? Comente e dê outras sugestões de postagens! Já jogou o game? Se sim ou não, não deixe de opinar nos comentários. Essa postagem termina por aqui caros leitores, até a próxima postagem! =D

terça-feira, 10 de junho de 2014

Novo Adversário a Vista! Os fãs ficarão com fome, pois Pac-Man é o novo lutador do Super Smash Bros for Wii U/3DS!!!


FINALMENTE! Depois de muitos rumores, Pac-Man é oficialmente adicionado a lista de lutadores de Super Smash Bros for Wii U/3DS! Trazendo seu visual do Pac-Man World do PS1, o personagem faminto trará socos, chutes, mordidas e tudo mais vindo de sua série. Inclusive, seu Final Smash, lhe transformará na versão clássica do Arcade para derrotar os adversários em um só golpe. Aparentemente, ele não será o único novo lutador, já que Mr. Game & Watch o acompanha no final do trailer. Enfim, confiram!













Gostou do anúncio do personagem? Diga qual outro gostaria que fosse anunciado abaixo! Não se esqueça de seguir o United Gamers para conferir mais novidades.

Em plena E3, Mario Party 10 é confirmado para o Wii U!


Em sua Live de E3 no Twitch, a Nintendo anunciou diversos jogos para o Wii U, como um novo The Legend of Zelda, Mario Maker e etc. Um desses jogos, foi o mais novo título da franquia Mario Party, Mario Party 10. Agora com gráficos em HD, o jogo trará a possibilidade de se jogar com Bowser, assim como foi mostrado. Confira:


Mais novidades sobre o novo título, serão mostrados aqui no United Gamers. Está ansioso pelo título? Pois eu estou! Comente.

segunda-feira, 9 de junho de 2014

Sonic Boomba

Olá pessoal.
Todo mundo com um pouquinho de conhecimento sobre games deve saber que a E3 já está começando.
E agora...a Sega resolveu mostrar seu tão poderoso Sonic Boomba.
Vejam:









E isso é tudo pessoal.Até a próxima.

quarta-feira, 4 de junho de 2014

Rumor : SNES Virtual Console Vindo Ao 3DS?

Olá pessoal,bom hoje eu quero falar de uma coisa muito importante,o Super Nintendo pode ser o próximo console à vir pro Virtual Console do Nintendo 3DS,agora...Como você sabe disso?Bom,pra começar eu não sei,é só um rumor.Mas olhem esta imagem no Miiverse.
Na comunidade do jogo Contra III no VC do WII U imagem mostra o jogo no 3DS,mas como,se no 3ds não há o Virtua Console do Super Nintendo?Bom,é daí que surgiu o rumor.O que vocês acham?

domingo, 1 de junho de 2014

Review - Spider : Secret of Bryce Manor

Leitores e leitoras,venho aqui apresentar uma nova postagem para vocês.

Hoje irei falar pela primeira vez de um game feito para smartphones.Mas não pense que é um jogo qualquer...bem,vamos começar.

"Spider" foi lançado para Ios e Android há um tempão,e está disponível até hoje na loja dos dois sistemas (iTunes e Google Play).

Tu é uma aranha,e sua missão é ir comendo insetos para abastecer sua capacidade para gerar teias,que também servem para abrir um portal para você progredir no jogo.
Existem diversos tipos de bichos,como joaninhas,e abelhas (que devem ser pegadas com as próprias patas da aranha).
Quase todos tem seus jeitos específicos de serem agarrados,por exemplo,os pernilongos ficam fugindo,então você deve atrai-los para as teias.

A jogabilidade é muito intuitiva e portanto é fácil de ser dominada.
Você pode somente gerar teias,andar nas paredes e pular,mas a combinação dessas ações ficou tão boa que há vários modos de agir,apesar das poucas ações.
Os cenários são repletos de segredos,elementos interativos que te ajudam a pegar os inimigos,e cada fase difere muito uma da outra,ou seja,o level design muda completamente.Saiba então,que suas suas ações nunca se repetirão.

Difícil é descobrir os segredos que a história do jogo guarda...nos cenários você encontrará diversas pistas sobre a família Bryce,que morava nessa mansão.
Muitos já tentaram fazer sua própria interpretação sobre a história reunindo estas pistas,mas é extremamente difícil,pois não há nenhuma fala para ser vista ou texto para ser lido.
Creio que ninguém ainda tenha chegado à uma conclusão definitiva,então fica aí como desafio para qualquer um que queira se aventurar nesse jogo.

O visual tecnicamente é muito bom,e a direção de arte deixou o jogo charmoso,pois os elementos foram muito bem desenhados e combinam perfeitamente com a ambientação.Além disso,por conta dos gráficos simples,o jogo roda em qualquer smarpthone com Android,inclusive aqueles bem fraquinhos pros dias de hoje,como o Xperia X8 e o Galaxy Y.

O que pode incomodar em Spider é a trilha sonora.Algumas são bem chatinhas,sem muita inspiração e com um ritmo desagradável,mas este aspecto não foi tão prejudicial para mim.Selecionei aqui algumas para mostrar a vocês:






Sobre os efeitos sonoros,são básicos.

A parte extra do game é bem extensa,e oferecem um grande fator replay,pois existem 4 modos de jogo:
  • O modo aventura;
  • Modo time attack;
  • Modo em que você tem que comer rapidamente para sua vida não zerar;
  • E o modo mais desafiante em que você deve zerar o jogo com o mínimo de teias possível.
Todos eles estão disponíveis desde o começo e você pode acessar a qualquer momento,clicando num ícone com a letra "i" no canto da tela.
Cada um tem seu charme e todos são difíceis,exceto pelo primeiro.
Imagina ter que completar o jogo todo só com 5 teias (é o último modo).Você tem que calcular muito bem suas ações para não ficar sem teias e receber um Game Over na tela.

Conclusão:
Spider : Secret of Bryce Manor,é um jogo muito inteligente,e imperdível para qualquer um.
Não é à toa que o jogo recebeu vários prêmios de melhor jogo do ano,e conta com uma média 93 no Metacritic.
Largue Flappy Bird e esses outros joguinhos que enjoam rapidinho,pegue Spider agora e bote para rodar no seu smartphone!
Custa só 2 dólares,não vai pesar nada do seu bolso.
Então deixe de perder tempo e vá jogar logo!

Gente,peço desculpas se análise ficou muito pequena,mas para mim não há muito o que falar desse jogo,é muito simples para ter uma análise grande como as que eu fiz sobre outros jogos.

Um abraço à todos,e até a próxima.