domingo, 23 de fevereiro de 2014

Franquias que não ficaram ruins com o tempo.

Olá, agora vou falar sobre... Os jogos que foram modernizados mais não tiveram o mesmo destino de Sonic. Sabe de que jogos estou falando... E algumas outras coisas mais.

Donkey Kong Country

Na minha opinião Donkey Kong Country 2 Diddy's Kong Quest foi o melhor jogo entre os outros jogos de Donkey Kong Country, porém, os jogos novos não ficaram ruins. É bom saber que pelo menos, a Nintendo não estraga seus jogos. Porém, tem suas falhas sim, nem todos os jogos da Nintendo são um mar de rosas. O jogo já estreado Donkey Kong Country Tropical Freeze, mostra ser jogável o Diddy Kong, o Donkey Kong, a Dixie, e Cranky


, Seus gráficos estão bons, na minha opinião, fora a jogabilidade, já está bom. Agora... Donkey Kong Country Retuns...
Gosto desse jogo pois ele conseguiu trazer um pouco da jogabilidade do Donkey Kong Country, e se é assim todos sabem que se um parceiro morre é só acertar o Barril DK que ele volta, como em Beat Jungle, Donkey Kong pode dar o Ground Pound, Para derrotar alguns inimigos, e também para poder encontrar os itens secretos.
No Donkey Kong Country Retuns, as bananas de Donkey Kong são roubadas por habitantes da ilha. E eles são comandados pela Tribo Tiki Tak.
Como seus parceiros, o Rambi e Squawks, e a loja do Cranky, também está incluída no jogo.
Existem mais jogos bons por ai sim... Mais prefiro ficar por aqui com Donkey Kong Country.

Super Mario Bros.

Super Mario Sunshine, que com certeza é o jogo favorito do Shadow Mario.. Alias é de lá que surgiu este personagem (Avá).
Para encurtar a história, Mario, Peach, Toad, e Toadsworth, viajavam pelo Toad Express voando em direção para Delfino Isle, Mario só pensa na comida de lá, Todsworth em todo o resto, mas de repente Peach vê uma figura misteriosa bem semelhante ao Mario. QUEM SERIA ESTE? É Shadow Mario. (Ava é memo?) e ela não sabe o que é...Eles fazem um pousou por acidente em Delfino Airstrip, onde encontrar uma quantidade enorme de Graffiti, em forma de uma cabeça.
Peach vê Shadow Mario encima de um tanque d'água mas ele some rapidamente. Mario encontra uma bomba d'água inventada pelo Professor E.Gadd que é o F.L.U.D.D. Após isso... Mario leva o FLUDD para enfrentar o Piranha Plant Poluída. Vou parar por ai ok?

Gameplay :
(Só pra explicar apesar de todos saberem, o significado de FLUDD é : Flash Liquidizer Dispositivo Ultra Dousing)
Em cada uma das sete areas, você pode completar uma missão e conseguir um Shine Sprite. Sim igualzinho ai este ai que tu vê na telinha. Mas após isto você volta a Delfino Plaza e ganha uma nova missão.
E o jogo também tem uma loja.
No jogo existem 240 moedas azuis, e tem 120 Shine Sprites, as moedas azuis, pode mser trocadas por Shine Sprites no Boathouse em Delfino Plaza.

Mudando de jogo...

Super Mario Galaxy 2
A primeira coisa que quero dizer é sobre o Yoshi, E os itens que transformam o Mario. Começando pelos itens, vou mostrar o efeito de cada item
 
Cloud Mario, presisa conseguir a Cloud Flower.
 
Rock Mario, presisa ter a Rock Mushroom
 
Bee Mario, é só pegar a Bee Mushroom
 
O Clássico Fire Mario precisa da... Preciso mesmo dizer? Fire Flower
 
Ghost Mario, Boo Mushroom
 
Raibow Mario, Rainbow Star
 
Use a Spin Drill

Spring Mario, Spring Mushroom
O Yoshi tem certas formas que podem ser utilizadas ao encontrar os itens certos.
 
Dash Yoshi, Dash Pepper
Blimp Yoshi, Blimp Fruit
Bulb Yoshi, Bulb Berry.

Para comemorar o Festival de Estrelas, Peach convidou Mario para ir ao seu castelo. (A época que chove Star Bits) E cláro não podia faltar o Clássico Bowser para estragar a festa. Só que desta vez gigante.
Ai Bowser provoca Mario e o manda para o espaço. E lá ele encontra uma Luma gigante chamada Lubba, que é mecânica e precisa dos Power Stars para avançar e ajudar o Mario. As Galaxias são acessadas por um menu Linear e não mais um exploratório como no Super Mario Galaxy. Então você comandará a nave para ir as fases. A primeira Galaxia possuí algumas semelhanças com o Super Mario Galaxy 2. Mas o jogo ficou ainda mais casual que o anterior e isso deixou mais fácil? NÃO! Pelo contrário estão mais difíceis  por exemplo. Você tem que usar o Wii Remote para salvar a plataforma em que você vai cair, se isso não é argumento que tal coletar 100 moedas roxas em três minutos aqui?
E ainda tem os tutoriais que o jogador pode assistir espalhados pelos níveis. E se você morre muitas vezes na mesma galaxia, uma forma Cósmica da Rosalina aparece e te explica como completar aquela fase com um tutorial.
Os efeitos da Gravidade tiveram suas melhoras também. Na galaxia Upside Dizzy que é um 2D em 3D, a gravidade alterna para cima e para baixo fazendo com que o jogador tenha duas opções de caminhos Entre o Chão e o Teto. O jogo tem muitas fases em side scrolling e em muitas delas deve se usar power ups para poder brincar com a Gravidade.
Algumas imagens da jogabilidade...






Luma :

Todo o poder de Mario está concentrado com a Luma, o esquema é o mesmo, chacoalhe o Wii Remote para matar inimigos.

Piantas :
Sim os Piantas de Super Mario Sunshine estão no Galaxy 2. Eles dão dicas sobre o planeta, e eles tem uma ilha própria baseada na Delfino Isle, chamado Starshine

Fluzzard Bird

Ele aparece em duas galaxias o sistema é o mesmo do jogo anterior, mantenha o controle apontando para a tecla de inclinação move o pássaro 

The Legend of Zelda

Sim agora vamos falar desta Franquia.

The Legend of Zelda Ocarina of Time
Do que eu sei sobre esse jogo dá pra fazer um post maior que toda a página mas... 

Em 1998 nasceu o quinto jogo da franquia, e um dos melhores jogos de todos, na lista de tops de muitos gamers esse jogo está presente. Com estes gráficos, a jogabilidade, e a trilha sonora fazem a ser um jogo a merecer isto. Mesmo que nos gráficos tenha um aspecto "Quadrado" no jogo, em certos momentos.


 ainda está muito bom. Lógico que tem o lado ruim dos bugs, e por ai mas... Se você não jogou ainda, não sabe o que perdeu. Além do jogo apresentar cenários Mágicos perfeitos, e lógico não posso deixar de citar a Lake Hylia.




Enrendo :
Numa floresta de Hyrule, existe uma grande arvore chamada Deku Tree, várias crianças chamas Kokiris vivem com ela. Cada Kokiri tem uma fada, com exceção de um, que por lógica é o Link. (Ai aparece o sonho dele que agora é inútil) Depois a cena muda para Duke Tree chamando Navi a fada, fala sobre o mal que está vindo sobre a terra de Hyrule. Imagina quem ele diz para que vá em uma missão... Link lógico. Navi fala para ele ir e vem com aquela das antigas de : "O destino está em suas mãos". Saia da casa, sua amiga Saria aparece, do lado de fora, fale com ela, mais o que ela diz é inútil não dê importancia. Siga ha passagem na direita do mapa, Um cara chato chamado Mido não te deixa passar, e diz que só deixara ele passar com uma espada e um escudo. Então vamos pega-los. Vá na parte Sul do mapa, onde tem várias cercas, no final delas veja um pequeno buraco no chão, rasteje para passar sobre ele. Nessa parte do mapa, cuidado com a bola de pedra. Vá ao lado esquerdo do mapa e achará um baú com a Kokiri Sword, abra o menu e a equipe. Antes de voltar corte o mato e procure os cristais azuis. Para pegar o Escudo basta juntar 40 rupees, a moeda de Hyrule. Cada cor do cristal tem um valor diferente. Quando juntar isso, vá há uma loja perto de onde o Mido estava, e compre o Deku Shield. Talvez qualquer dia eu continue, mas por enquanto isso é tudo sobre o game.

The Legend of Zelda A Link To The Past

Os primórdios da série Zelda não são um segredo pra ninguem, a série começou no NES e teve dois titulos para o primeiro console da Nintendo. Em 1991 Zelda chegou no SNES, com exatamente este jogo, The Legend of Zelda A Link To The Peste Past. Apesar que seu nome original era Triforce of The Gods. O jogo voltou a visão aérea que foi perdida no Zelda II : Adventure of Link. O jogo literalmente Chegou chegando, fez um bom sucesso. É cláro que a visão aérea dá menos realidadade e dificuldade, mas dá uma perspectiva melhor do que acontece no jogo. E só falando sabem que esse jogo não é moderno para eu falar isso, mas sabem o quanto a franquia vale a pena comprar... Continuando... Uma mensagem Telepática de Zelda avisa Link sobre um mago chamado Agahnim que estaria tentando libertar o Ganondorf, além de ter capturado a Zelda. O Link leva a Master Sword para tentar impedir, E é só isso. Sim eles mantem o foco na história outro bom aspecto da franquia. Mas nem tudo é perfeito nesse jogo, as músicas repetidas são um desprazer para os gamers, e outra coisa são os chefes são muito entediantes por não criar um verdadeiro desafio após o primeiro Dugeon.



Entenderam porque eu admiro a Nintendo mais que todos os outros? A Sony pode até não estragar alguns jogos mais a sua maioria é totalmente cagada pelo tempo, e o Xbox é pior ainda! A mesma coisa está com a Sega. A Atari não me lembro se está muito recente já que não vejo um jogo dela faz muito tempo, então prefiro não comentar. Bem até meu próximo post

sábado, 22 de fevereiro de 2014

Sonic The Hedgehog - A franquia com a maior queda de qualidade dos Games


Não, isso não é uma analise ou alguma notícia, como o blog vem atualmente postando. Hoje trago um post sobre a franquia Sonic The Hedgehog, que começou com um puta jogo bom em 1991 e está viva até hoje. Porém, que com o passar do tempo, decaiu em sua qualidade por decisões idiotas da Sega, sua criadora. Lembrando que este post leva em consideração a minha opinião e alguns fatos que, realmente, aconteceram com a franquia. Sem mais delongas, vamos lá!

Era Clássica!

 
Sem dúvidas, a melhor "Era" do Sonic, foi a Era Clássica. A Era onde nos foi apresentado o ouriço que tinha, como objetivo, derrotar o maligno Dr. Robotnik. Essa Era em si, foi composta por vários games que, eram espetaculares. O primeiro Sonic The Hedgehog, de 1991, certamente foi um jogo que bateu de frente com o Super Mario World, da Nintendo. Ele trazia uma ótima Trilha Sonora, uma impecável jogabilidade, ótimos efeitos sonoros e gráficos muito bons para o Mega Drive.

O enredo, por sua vez, era simples. O ouriço mais veloz do mundo, precisava derrotar um cientista que tinha conquistado as Chaos Emeralds, que poderiam ajudá-lo a dominar o mundo de Sonic. O sucesso do game, lhe garantiu uma sequência que tinha todos os seus elementos melhorados. Sonic The Hedgehog 2, trazia Tails, o companheiro inseparável de Sonic em sua primeira aventura.

Um fato curioso, que poucos sabem, é que Sonic Spinball só surgiu graças as fases de Casino que o segundo jogo apresentava. Depois deste game, veio então Sonic The Hedgehog 3 e Sonic & Knuckles, considerados por muitos os melhores da franquia. Ambos trouxeram um novo personagem, Knuckles. Ele que esteve do lado do mal em Sonic 3, e ajudou o ouriço a derrotar o Dr. Robotnik em S&K.

Na época, com o a 5º Geração chegando, a Sega lançou um aparelho que aumentava a capacidade do Mega Drive: O Sega CD. E com esse aparelho, surgiu o game Sonic CD. Trazendo Metal Sonic e Amy Rose como novos personagens, esse certamente é um de meus jogos preferidos da franquia. Sério mesmo, lembro como se fosse ontem a primeira vez que encostei meus dedos nesse clássico.

Também teve aquele Sonic 3D Blast, mas o jogo é tão horrível que não irei comentar sobre ele. E o Dr. Robotnik's Mean Bean Machine é só um Spin-Off, então whatever.

Era Moderna!


Foi então, que em 1998, com a chegada do DreamCast, a Sega resolveu mudar as coisas. Sonic Adventure foi o jogo que mudou TOTALMENTE o conceito da série, mas de forma desagradável. Primeiramente, se teve a inclusão de enredos complexos, algo que não combina com jogos de plataforma. E em segundo lugar, o que mais me perturba, é o fato de terem socado o Sonic na Terra. O jogo veio com a ideia de demostrar o poder gráfico do console, e por esse motivo, tivemos cenários nada criativos e bem genéricos.

A jogabilidade do jogo é outra coisa que desaponta. O conceito 3D na série, nunca deu certo e isso é fato. E certamente que aqui foi onde as coisas se concretizaram. Controlar o Sonic, em alta velocidade, beira o injogável. É quase impossível controlar o personagem, e morrer em abismos por causa da velocidade é bem fácil. Também temos a inclusão de Gameplays alternativos, mas isso é algo tão estúpido que nem merece ser levantado como assunto aqui.

Sonic Adventure 2 foi lançado em 2001 para comemorar os 10 anos da franquia, e adivinhe só? Os mesmos problemas do jogo anterior, estão aqui. Porém, se o enredo do primeiro jogo já não era forçado demais, aqui as coisas pioram. Temos a inclusão do Shadow, um personagem ridículo que, aparentemente, vem virando o segundo protagonista da série. Francamente, desde a criação desse personagem, ele vem ganhando mais destaque do que o próprio Tails. E ele teve até uma desgraça em forma de jogo, lançada para a 6º Geração.

Sim, eu odeio o Shadow e não há nada que você possa fazer para mudar minha opinião. Pelo menos, ambos os jogos traziam uma Trilha Sonora boa, mas que é bem fraca se comparada a dos clássicos jogos. Sonic Heroes, que veio depois, é um jogo... Ok, eu diria. Ele não soa tão ridículo quanto os outros jogos Modernos, apesar dos infinitos bugs que o jogo carrega.

Sonic 2006 é simplesmente um chute no saco e uma facada nas costas da franquia. Eu não tenho comentários o suficiente para definir como esse jogo é terrível. Com certeza, no meu Top 10: Piores Jogos de Todos os Tempos, este jogo estará na lista. Sonic Unleashed também é um jogo horrível que não traz qualidades vistas. O conceito do Werehog é tão ridículo que chega a ser piada, e o vilão não fica muito longe disto também. E nem venha com "As fases de dia são boas", pois controlar o Sonic nesse jogo consegue ser MIL vezes pior do que no Adventure.

O QUE DIABOS ESTÁ ACONTECENDO AQUI?
O Boost é sufocante, já que o uso disto não permite você ver NADA do que está na sua frente. E as fases em si se resumem a correr pra caralho e terminar a fase. Isso é tão tosco e mal feito que me dá agonia ao lembrar que isso, é um jogo de plataforma. E não para ai por ai não: Fazer uma curva com o Sonic nesse jogo é fisicamente impossível, já que você vai esbarrar com tudo na parede.

Pelo menos, tivemos Sonic Colors e Sonic Generations, ambos jogos muito bons que merecem ser jogados pelos fãs do Sonic Clássico. E então, atualmente, a Sega veio com sua nova bomba: Sonic Boom. Eu não vou entrar muito em detalhes, pois já fiz um post disso.

Em resumo, a franquia do Sonic teve uma queda consideravelmente grande em qualidade. Digo, apesar de Colors e Generations terem sido bons, ainda sim não estão ao patamar dos jogos clássicos. Sonic Lost World é um jogo que tentou resgatar o conceito clássico, mas fracassou miseravelmente, já que ainda existem muitos elementos modernos naquele jogo.

E creio eu, que se a Sega fizer realmente o "Sonic Adventure 3" que esses fanboys tanto desejam, a franquia irá morrer de vez (Isso é, se ela já não morrer com o Sonic Boom). A série, para voltar a seu padrão de qualidade, precisa voltar TOTALMENTE ao conceito clássico, e não só trazer cenários, como Heroes e Lost World fizeram. É realmente triste, a situação do personagem que já foi considerado o rival do Rei dos Games.

E então? Gostou da postagem? Comente ai, que talvez eu responda. Criticas são bem-vindas, desde que não seja algo relativamente idiota. Essa postagem termina por aqui caros leitores, até a próxima postagem! =D